Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2010

O Protetor

Imagem
Nascemos dignos de um mundo inteiro. Somos todos frutos de uma mesma inocência. Eu sei, porque já estive nessa época do tudo. Os pequenos têm olhos abertos, amigáveis. É pra abraçar o mundo e conquistar as coisas que vê. A bolinha do olho brilha, quando enxerga à sua volta Uma infinidade de momentos e encantos Que o esperam para uma dança feroz e uniforme. Mas os que já beberam dessa doçura, Corrompem a necessidade de uma criança, de achar que pode chorar e rir ao mesmo tempo. Somos nós os que fazem pirraça. Os que brincam com a velocidade da vida. Pois quando crescemos Deixamos pra trás os grandes olhos de pequenos amantes do tudo E passamos a amar o escuro dos olhos fechados. Olhos fechados. Isso explica tudo. Porque como cegos não enxergamos se quer os que nos rodeiam. E talvez por isso ha necessidade do toque, do cheiro, do ouvir. Talvez por isso nos rendemos tantas e tantas vezes aos lugares altos. Por que a vontade de ser visto, Que nos faz desejar pedestais, Faz-nos tropeçar e cair por conta dos …

Areia e mar

Surdo, mudo e cego estou
Pra não perceber meus erros
Pra não enxergar que preciso mudar
Afinal de contas sou dois em um só corpo
Coração de homem
E alma de poeta.
Não me considero como tal e nem quero
Mais meu querer esta muito longe de ser ouvido por minhas idéias
Afinal,
Pelo que me consta,
O delírio nasce tatuado na alma do artista
Como uma âncora no braço de um marinheiro
Ou a mentira na face do mundo
O homem é areia do tempo
E cai constantemente
Afunilado pelo progresso
E se aglomera num mar de mesmos erros, em uma ampulheta sem fim.
O poeta,
É o elo dos pensamentos e a força dos momentos
Ligando o nada com o tudo
E o vazio com o completo
O poeta não é o progresso.
O poeta não é a areia.
O poeta,
É o próprio tempo.
O poeta,
É o próprio mar.
O poeta,
É o próprio medo.
O poema,
é o próprio ar.
                                (Halifas Q.B.)
Criança quando sorri parece que vira sol. É bonito de vê. Da vontade ser.
Não tenho mente pra pensar em tudo de uma vez.
Penso de teimoso.
Pois não consigo fazer as idéias pararem de dançar
e de correr em minhas veias...

                                                        ( Halifas Quaresma )
Se eu fosse um passo
acho que não seria o próximo.
Quase nunca olho onde piso.
E se for pra chegar a algum lugar
me conformo que seja 1cm após o agora.
Não é medo.
É só uma tentativa de perpetuar o momento...

                                                       ( Halifas Quaresma )