No papel

















Já é de regra olhar pra dentro.
É de desejo enxergar algo, pequeno que seja,
 Pulsando do lado de dentro do querer.
Me serviria ter um pouco menos de massa
Do lado de dentro das idéias.
Por que com o passar das horas,
Algumas ficam com um gosto de ontem.
Sorte que no papel,
Os pensamentos ganham pulmões
E vestem-se com o perfume do amanhã.


                                                       ( Halifas Quaresma ) 

Comentários

  1. Muito bom... "e vestem-se com o perfume do amanhã..." Gostei muito.
    Me surpreende o que é possível fazer com simples palavras. Mas acho que é porque elas trazem carregam em si os nossos sentimentos como arcabouço.
    Um domingo feliz pra vc.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Lua, é exatamente o que sinto em relação as palavras, elas "se vestem"de nossos sentimentos.Beijos.Um ótimo domingo pra você também.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Consentir

Chama