Sobre um Círculo












 


A vida é um círculo.
Retire dela dois dedos de dores.
Tudo o que sobra é uma linha em forma de U.
Pendure.
E faz para ti um balanço.

                                (Halifas Quaresma)

Comentários

  1. círculo que sempre precisa ser rompido, porque limita, vicia e entorpece. A vida exige em cada passo a criatividade de reinventar e ressignificar o que dói. Sentindo-se cerceada, rompe-se com o que aprisiona...faz-se um balanço com o intuito de que o vento leve pra longe os temores e deixe só o que causa bem à alma...estou me embalando...juro que me esforço, mas meus pés ainda não estao alcançando o chao, sao curtinhos eles...alguem pode me dar um impuldo, por obsequio? rsrsrs. Abraços poeta - anjo!!

    ResponderExcluir
  2. É assim...

    Tem post's que a gente lê e simplesmente não sabe muito bem o que dizer. O que dá para fazer é reler e fazer a alma se encantar mais uma vez!!!

    A coisa mais linda esse lance do círculo!!! :D

    Bjão

    ResponderExcluir
  3. Ah.. vizinho.. rsrs
    Desculpa por não tê-lo respondido de imediato..
    Obrigada pela visita, elogios.. e proporcionar um sorriso 'timido' ^^
    Gostei do seu blog também.. Ah e belíssimo texto!Parabéns

    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Um círculo que não disfarça, e haja abraços!
    O final dos versos é um sorriso e um abraço.

    Muito Lindo!

    ResponderExcluir
  5. Nossa vida é um circulo, cheio de obstaculos que temos que passar a cada momento.
    Esse círculo pode ser caminhado com calma ou depressa depende da maneira que encararmos ele!
    Beijos Halifas. Belo texto como sempre!

    ResponderExcluir
  6. Perfeitoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo!

    Um abração Halifas!

    ResponderExcluir
  7. Simplesmente emudecido, pela simplicidade e grandeza de sua poesia.

    O que fazer dela?
    Conclusão: fazer um balanço.

    ResponderExcluir
  8. Oi Halifas. Tudo bem?

    Sou seguidor do teu blog e admirador da tua poesia. Estou te add no orkut como amigo para o tê-lo mais próximo e ter a oportunidade de conhecê-lo melhor.

    A poesia sopra onde quer. (Murilo Mendes)
    e você é catavento que não para de rodar.

    (deixo o recado aqui porq não consegui pelo orkut. Tá bloqueado)

    ResponderExcluir
  9. Esse foi um daqueles que escorreram pelos dedos. Tão pequeno, e ainda assim consegui arrancar sorrisos. Fico muito feli que tenham gostado. Beijos a todos.

    ResponderExcluir
  10. Bom, resumindo o comentário que faria em todos os textos que li aqui...é incrivél que eu consigo sentir algo diferente quando leio os teus textos e um outro qualquer..é como se eu sentisse vc falando pra mim, tipo, proximo a mim.Tu é muito bom guri...Beijoss

    Estéfane

    ResponderExcluir
  11. Gostei...Sempre que puder estarei lendo.

    Cont...Estéfane

    ResponderExcluir
  12. hahaha...gostei!!! tenho q fazer isso no meu circulo....~)

    ResponderExcluir
  13. oww, genial! Queria ter pensado nisso primeiro haha
    Lindo,lindo! :)

    ResponderExcluir
  14. Que mágico isso que vc escreveu..temos que usar a dor para alicerçar a vida, para que possamos sempre em frente seguir!
    Um beijo ou um abraço!
    Ju

    ResponderExcluir
  15. Lindo, poético e reflexivo!

    adorei!

    beijos :*

    ResponderExcluir
  16. Fico honrado cada vez que alguém me diz que minhas palavras fazem algum bom sentido. Obrigado a todos.

    ^^

    Beijos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Consentir

Chama