11 de out de 2015

Um céu de estrelas















Naquele susto
vi que em teu sorriso
mora o eco das estrelas.
E aqui
tão diante da tua alegria
posso dizer que na vida,
frágil como uma ferida,
ousei tocar o céu.

                           (Halifas Quaresma)

Nenhum comentário:

Postar um comentário